Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2018

Nunca esqueça de sua missão - O homem no mundo

"Um sentimento de piedade deve sempre animar o coração dos que se reúnem sob as vistas do Senhor e imploram a assistência dos bons Espíritos. Purificai, pois, os vossos corações; não consintais que neles demore qualquer pensamento mundano ou fútil.

Elevai o vosso espírito àqueles por quem chamais, a fim de que, encontrando em vós as necessárias disposições, possam lançar em profusão a semente que é preciso germine em vossas almas e dê frutos de caridade e justiça.

Não julgueis, todavia, que, exortando-vos incessantemente à prece e à evocação mental, pretendamos vivais uma vida mística, que vos conserve fora das leis da sociedade onde estais condenados a viver. Não; vivei com os homens da vossa época, como devem viver os homens. Sacrificai às necessidades, mesmo às frivolidades do dia, mas sacrificai com um sentimento de pureza que as possa santificar.

Sois chamados a estar em contacto com espíritos de naturezas diferentes, de caracteres opostos: não choqueis a nenhum daqueles com qu…

Conversa rápida sobre sugestões de assuntos e o novo visual do blog

Olá pessoal!

Quero falar rapidamente sobre estes dois assuntos, então, vamos aos tópicos:

1 - Sugestões de assuntos

Gostaria de pedir que vocês sugiram assuntos e temas para serem tratados aqui no blog. Podem ser perguntas, ou como é a visão espírita sobre tal tema, ou qualquer outro assunto que vocês achem relevantes.

Podem colocar as sugestões aqui na seção de comentários ou enviar para o e-mail aprendizesdavidaeterna@gmail.com .

Participem!

2 - Novo visual do blog

Fazia um tempo que eu desejava dar uma repaginada no layout do blog, para que condensasse os posts e mostrasse somente os títulos, facilitando a navegação.

É um pouco diferente do anterior, mas achei mais prático. Mantive as mesmas cores e a mesma imagem para não fazer muita revolução em uma vez só!

Espero que gostem!



Então é isso pessoal! Obrigado pelos acessos de vocês e pela participação!

Um grande abraço!

Porquê ainda alimentamos o orgulho?

Depois do nosso post sobre o egoísmo, vem agora o momento de falar da segunda maior falha moral e que frequentemente anda de mãos dadas com o egoísmo: o orgulho.

Normalmente, o orgulho e o egoísmo andam juntos, pois um alimenta o outro.

O egoísmo nos dá essa sensação de que nós estamos no centro do universo, e tudo deve girar em torno de nós e dos nossos interesses.

Já o orgulho, por sua vez, nos faz imaginar que somos muito mais importantes no mundo do que realmente somos.

O orgulho é a falha moral mais grave de todas, porque nos impede de ver todas as falhas morais que possuímos. Ora, se o orgulhoso está sempre certo, como poderia possuir falhas?

E então, possuído por essa auto-ilusão de perfeição, o orgulhoso projeta um personagem que reflete o que exatamente ele gostaria de ser. Como se não bastasse, passa então a viver como se fosse esse personagem criado.

É por isso que o orgulhoso acredita mesmo estar sempre certo, acredita mesmo que ele não tem falhas, fica pasmo por não ser v…

Porquê ainda alimentamos o egoísmo?

Hoje queremos trazer este tema tão essencial, falando sobre uma das maiores falhas morais que podemos ter: o egoísmo. Porquê ainda o alimentamos? Vamos descobrir!

Todos nós somos criados simples e ignorantes por Deus, para que possamos aprender e nos desenvolver através das nossas experiências encarnatórias.

Enquanto simples fagulha de vida, encarnamos no reino mineral, onde atuamos inicialmente como matéria inerte, adquirindo a força mecânica.

Em um momento seguinte, encarnamos no reino mineral, onde somando-se a essa força mecânica adquirimos a vitalidade e a sensação.

Na sequência, encarnamos no reino animal, onde somando-se à força mecânica, à vitalidade e à sensação, adquirimos o instinto, forma primitiva de inteligência.

Até que por fim, em nosso último estágio no mundo material, passamos ao reino hominal, onde somando-se a todos os itens anteriores, adquirimos também a inteligência e o livre arbítrio.


"585. Que pensais da divisão da Natureza em três reinos, ou ainda em du…