Últimos Posts:

Últimos posts

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Questões que o Espiritismo responde

A humanidade sempre teve determinados questionamentos, que com muita dificuldade conseguiu responder, ou que não encontrou até hoje respostas satisfatórias.

Muitas escolas de pensamento perseguiram essas respostas, enquanto que algumas instituições fizeram de tudo para manter o povo ignorante e manipulável.

Independente de todo esse passado, a Doutrina Espírita veio para esclarecer tudo o que estava confuso e para responder todos os questionamentos, tornando realidade a frase de Jesus: "Pois não há nada de escondido que não venha a ser revelado, e não existe nada de oculto que não venha a ser conhecido".

Vamos então a alguns dos questionamentos:


- O que somos? De onde viemos? Para onde vamos?

Todos nós somos espíritos criados simples e ignorantes por Deus, para que através das sucessivas experiências no mundo material adquiríssemos a inteligência e a evolução moral para um dia chegarmos à perfeição.

A vida real é a vida espiritual. As sucessivas reencarnações são somente temporárias, servido de escolas para o nosso desenvolvimento.

Portanto, somos espíritos temporariamente em uma experiência material, vindos de uma série de encarnações anteriores em que éramos mais imperfeitos que hoje, e vamos para novas encarnações onde, se nos esforçarmos para isso, um dia chegaremos à perfeição.

(Ver mais em: Os espíritos - parte 1, Os espíritos - parte 2 e Encarnação dos espíritos)

- Deus existe?

Não é possível que exista um efeito inteligente sem uma causa inteligente. Estamos rodeados de uma imensa e complexa inteligência, regendo o universo, os planetas, as formas de vida, a cadeia alimentar, o corpo humano, etc.

Tudo contém as provas da perfeição divina. Nós próprios sendo seres inteligentes, somos também parte da criação.

Infelizmente ainda há aquela idéia poética de um idoso de barba branca que estrala os dedos e tudo acontece. Mas Deus é muito além de tudo isso. Defini-lo dessa maneira é concebê-lo de maneira totalmente limitada e irreal.

(Ver mais em: Deus)

- Porque existe o sofrimento? Porque Deus permite que as pessoas sofram?

 O sofrimento existe para nós porque ainda não somos seres perfeitos. Nossos sofrimentos, em sua vasta maioria, são causados por nós mesmos, por nossas escolhas, seja nesta encarnação ou em encarnações anteriores.

O homem é o construtor de seu destino, e todas as sementes que planta, deve colher. Somente assim podemos evoluir.

Erroneamente colocamos em Deus a culpa por nossos sofrimentos, mas vejamos só um exemplo:

Um homem ganha na loteria uma grande soma de dinheiro. Decide então como primeira medida comprar um carro super potente e sai dirigindo em alta velocidade por aí. Perde o controle do veículo, sofre um acidente e torna-se tetraplégico. É Deus o culpado de seu sofrimento? Foi Deus que disse ao homem: "pisa fundo" ? Deveria Deus ter distorcido todas as leis da natureza para impedir que o homem inconsequente sofresse o seu acidente?

E assim é em todo o nosso agir, estamos sempre plantando o nosso futuro. Depende de nossas escolhas estarmos plantando o sofrimento ou a felicidade para o amanhã.

(Ver mais em: Felicidade e infelicidade relativas, A felicidade não é deste mundo e Onde está a felicidade?)

- Conclusão:

Muitas são as dúvidas que assolam a humanidade. O Espiritismo vem trazer essas respostas, sempre de acordo com a lógica, a razão e o bom-senso.

Poderíamos estender esse post a perder de vista, mas este foi apenas um breve resumo dos principais questionamentos que ouvimos das pessoas.

O espaço dos comentários está sempre aberto para as dúvidas dos leitores.

Para os recém chegados, recomendamos duas leituras: Na real, o que é ser espírita? e O que é o Espiritismo? .

Um grande abraço a todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário acerca do post acima.