Últimos Posts:

Últimos posts

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

[Espiritismo para iniciantes] Os espíritos - parte 1

(Para quem não viu o primeiro texto, clique para ler: [Espiritismo para iniciantes] Deus )

Os espíritos são os seres inteligentes da criação. Povoam o universo fora do mundo material.

São criações de Deus, e não parte dele. Assim como um homem constrói uma máquina e a máquina não é parte dele.

São criados puros e ignorantes, devendo passar por todos os níveis de aprendizado até chegar à perfeição.

Não se reproduzem, pois não possuem sexo. São criados por Deus sem cessar, desde toda a eternidade.

O mundo espiritual ou mundo dos espíritos constitui-se no mundo primordial e principal, sendo este sim o mundo verdadeiro. (Nota: fala-se aqui em um contexto generalista e não especificamente de planetas).

O mundo material ou mundo corpóreo é secundário, poderia deixar de existir e não afetaria o mundo espiritual.

Apesar de ambos serem independentes, correlacionam-se incessantemente, interagindo um com o outro sem parar.

Mas o mundo espiritual não constitui uma região limitada e circunscrita no universo. Tomemos como exemplo duas rádios, a rádio A e a rádio B. Enquanto estamos sintonizados na rádio B, a rádio A continua existindo, mesmo que não a estejamos escutando.

Da mesma forma, ambos os mundos são paralelos e interpenetram-se. Não podemos ver o mundo espiritual pois ele não está na mesma densidade que nós, portanto nossos sentidos não são capazes de vislumbrá-lo. Entretanto há pessoas que, dotadas de faculdades especiais, conseguem ver ou ouvir o mundo espiritual: são os médiuns.

Em contrapartida, os espíritos desencarnados, habitantes do mundo espiritual podem ver o mundo material, pois suas faculdades não possuem os limites característicos dos órgãos físicos.



Leituras complementares (em O Livro dos Espíritos):

II – Espírito e Matéria (link)
I – Origem e Natureza dos Espíritos (link)
II – Mundo Normal Primitivo (link)
III – Forma e Ubiqüidade dos Espíritos (link)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário acerca do post acima.