Últimos Posts:

Últimos posts

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Quais as vantagens de ser uma pessoa melhor?

Em um mundo onde parece que o mal prevalece, onde parece que a malandragem, o oportunismo e a corrupção comandam tudo, quais as vantagens de ser uma boa pessoa?

Esse é um tipo de dúvida muito comum entre as pessoas.

Porque se esforçar para ser uma boa pessoa se parece que só os maus tem vez?

Em primeiro lugar, devemos lembrar que a Terra é um mundo de provas e expiações. É apenas o segundo tipo de mundo na escala evolutiva. Sendo assim, aqui infelizmente o mal prevalece sobre o bem. E por quê isso ocorre? Porque essa é a conduta de seus habitantes. (mais em: Pluralidade dos mundos habitados)

Em segundo lugar, devemos lembrar que a sociedade se faz por seus membros. A sociedade portanto carrega as mesmas características que aqueles que dela fazem parte. É o mesmo que dizer que os japoneses são estudiosos e que os brasileiros são hospitaleiros.

Com isso queremos deixar claro que o mundo só é difícil porque as pessoas assim o tornam.

Mas voltando à questão inicial: quais as vantagens de se esforçar para ser uma pessoa cada vez melhor?

1 - Felicidade

Toda a infelicidade do homem vem de seus maus atos, seja desta encarnação ou das encarnações anteriores. O homem planta o mal e espera colher o bem. Isso não é possível.

Quando nos tornamos pessoas melhores, começamos a agir com bondade, paciência, tolerância, humildade, e todas as demais virtudes que nos esforçamos para alcançar. Com isso, quebramos o ciclo de ações erradas que fazemos a tanto tempo e começamos a agir de maneira muito mais positiva e benéfica. 

Disso, pouco a pouco começaremos a colher os bons frutos, alcançando gradualmente a tão sonhada felicidade.

2 - Paz interior

Quando passamos a agir melhor no nosso dia-a-dia, vamos gradualmente construindo um futuro melhor. Entretanto não podemos esquecer que as ações já feitas ainda trarão suas consequências.

Mas quanto mais cultivarmos as virtudes em nós, menos as turbulências da vida nos afetarão. Todos os problemas parecerão demasiadamente pequenos, e já não lhes daremos tanta importância.

3 - O mundo revela novas cores

Quando passamos a olhar o mundo sob nova ótica, percebemos quantas coisas maravilhosas existem e antes nem nos dávamos conta.

Nas mais pequenas e simples coisas estão escondidas grandes expressões da perfeição, que somente os olhos atentos conseguem perceber.

A vida já não parecerá tão cinza, e a vontade de viver se tornará cada vez mais vibrante.

Perceberemos que as coisas boas da vida estão muito além do materialismo que hoje impera no mundo.

4 - Vida mais leve

Conforme vamos eliminando nossos defeitos, vamos percebendo que não precisamos nos importar tanto com manter aparências de que somos as pessoas mais bem sucedidas do mundo (algo muito praticado nas redes sociais).

Também passamos a perceber que o dinheiro é apenas uma ferramenta, e não o objetivo único da vida. Nossa necessidade de mais e mais dinheiro irá diminuir muito, pois perceberemos que a felicidade não está atrelada a ele.

Buscaremos nos aproximar mais das atividades que nos agradam, e não das que são mais rentáveis.

Pouco nos importaremos com as opiniões alheias de certo ou errado. Em nosso coração e em nossa mente teremos as diretrizes que nos guiarão pelas escolhas corretas.

5 - Fim das ilusões

Chega ao fim o reinado das ilusões que por tanto tempo nos aprisionaram em uma vida infeliz. Começaremos a ver as coisas com mais realismo e racionalidade, dando importância ao que é realmente importante, e deixando de lado que parece importante mas não é.

Conclusão:

Quando Jesus disse: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai senão por mim", quis dizer que ninguém alcança a paz, a felicidade e a perfeição sem seguir os seus ensinamentos.

E o que Jesus ensinou? Não só ensinou, como deu exemplo de todas as virtudes que os homens devem possuir. É o grande modelo e guia da humanidade.

Não importa como o mundo é ou deixa de ser. Sozinhos não podemos mudá-lo. Mas podemos mudar a nossa realidade. E mudando a nossa realidade, com certeza mudaremos a forma que interagimos com o mundo.

E se cada um mudar a si, pouco a pouco mudaremos o mundo.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário acerca do post acima.