Últimos Posts:

Últimos posts

domingo, 13 de outubro de 2013

Diferentes ordens de espíritos: Espíritos puros

Veja as partes anteriores:

A escala espírita
Espíritos imperfeitos
Bons espíritos

Hoje abordaremos a categoria restante em nossa escala espírita, a dos espíritos puros:

"PRIMEIRA ORDEM: ESPÍRITOS PUROS

112. Caracteres Gerais. Nenhuma influência da matéria. Superioridade intelectual e moral absoluta, em relação aos Espíritos das outras ordens.

113. Primeira classe. Classe Única — Percorreram todos os graus da escala e se despojaram de todas as impurezas da matéria. Havendo atingido a soma de perfeições de que é suscetível a criatura, não têm mais provas nem expiações a sofrer. Não estando mais sujeitos à reencarnação em corpos perecíveis, vivem a vida eterna, que desfrutam no seio de Deus.

Gozam de uma felicidade inalterável, porque não estão sujeitos nem às necessidades nem às vicissitudes da vida material, mas essa felicidade não é a de uma ociosidade monótona, vivida em contemplação perpétua. São os mensageiros e os ministros de Deus, cujas ordens executam, para a manutenção da harmonia universal. Dirigem a todos os Espíritos que lhes são inferiores, ajudam-nos a se aperfeiçoarem e determinam as suas missões. Assistir os homens nas suas angústias, incitá-los ao bem ou à expiação das faltas que os distanciam da felicidade suprema é para eles uma ocupação agradável. São, às vezes, designados pêlos nomes de anjos, arcanjos ou serafins.

Os homens podem comunicar-se com eles, mas bem presunçoso seria o que pretendesse tê-los constantemente às suas ordens.
"

Os espíritos puros não mais necessitam encarnar, pois já aprenderam tudo o que tinham para aprender com o ciclo reencarnatório: libertaram-se de suas falhas morais por completo e adquiriram as virtudes em plenitude.

E agora de que se ocupam?
Justamente de ajudar aos mais "atrasados", para que consigar atingir a mesma ventura que eles.

Os espíritos puros gozam da mais plena felicidade, e trabalham incessantemente para o bem de todos e para o cumprimento dos desígnios de Deus.

Podem ser enquadrados no que chamamos de anjos, mas diferentemente do que imaginamos, sua existência nada tem de ociosa e monótona: é plenamente dedicada ao trabalho no bem.

Todos nós passaremos um dia por todas essas categorias: algumas já passamos, outras ainda iremos atingir, mas é o nosso objetivo um dia alcançar a perfeição dos espíritos puros.

Só depende de nossa dedicação e empenho.


Veja a continuação:

Progressão dos espíritos



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário acerca do post acima.